segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Pequenos gestos, grandes significados

É curioso observar como a vida nos oferece resposta aos mais variados questionamentos do cotidiano...
Vejamos:
A mais longa caminhada só é possível passo a passo...
O mais belo livro do mundo foi escrito letra por letra...
Os milênios se sucedem, minuto a minuto...
As mais violentas cachoeiras se formam de pequenas fontes...
A imponência do pinheiro e a beleza do ipê,
começaram ambas na simplicidade das sementes...
Não fosse a gota não haveriam chuvas...
O mais singelo ninho se fez de pequenos gravetos...
E a mais bela construção não se teriam efetuado
senão a partir do primeiro tijolo...
As imensas dunas se compõem de minúsculos grãos de areia...
Como já refere o adágio popular,
Nos menores frascos se guardam as melhores fragrâncias...
É quase incrível imaginar que apenas sete notas musicais
tenham dado vida à 'Ave Maria', de Bach, e à 'Aleluia', de Hendel...
O brilhantismo de Einstein e a ternura de Tereza de Calcutá
tiveram que estagiar no período fetal...
Nem mesmo Jesus, expressão maior de Amor,
dispensou a fragilidade do berço...
...Assim também, o mundo de paz, de harmonia e de amor com que tanto sonhamos só será construído a partir de PEQUENOS GESTOS de compreensão, solidariedade, respeito, ternura, fraternidade, benevolência, indulgência e perdão, dia a dia...
Ninguém pode mudar o mundo...
Mas podemos mudar uma pequena parcela dele...
Esta parcela nós chamamos de 'EU'.
Não é fácil nem rápido...
Mas vale a pena tentar!
Vamos lá, não percamos a oportunidade...


And here we go again!!!
bjus da Samurai

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

P.S.: eu te amo!

Estava assistindo o filme "P.S.: eu te amo" (é né, fazer o que, elogiaram tanto!!) e me inspirei á vir aqui escrever sobre amor(uuuuuuuuul, primeiro post desse assunto!!!)
Dizem que o amor dura a eternidade(Que seja eterno enquanto dure esse amor, que dure para sempre...♪♫). Será mesmo? Quem me garante isso? Há fatos, casos e acasos que desmentem toda essa história, talvez até fictícia!
Vocês devem estar se perguntando: "caramba, essa doente não ia falar de amor? Por que está indo contra ele?"
Muita calma! Não estou indo contra, apenas começando pelos contras antes dos prós(não tente me entender!)
O filme aborda um tema interessante(apesar de comum na maioria dos filmes) mas de uma maneira tão diferente que acaba mexendo com os sentimentos de qualquer espectador. A dor da perda de um ente querido, ainda mais de um amor, é o foco central da história. Tentando evitar que sua amada sofra com seu falecimento, quando o homem ainda está doente e descobre que não tem muito tempo de vida, começa a escrever algumas muitas cartas de ajuda e sempre finilizando com um "P.S.: eu te amo".
A forma na qual o autor apresenta a morte e a recuperação de uma pessoa que sofreu tanto pelo arrependimento de não ter sido a pessoa ideal praquele ser que ela amava e toda a luta que ela travou em busca de estar sempre perto de alguém que já se foi é uma das coisas mais doces(morte não é doce, mas a boa vontade dela de lutar pelo falecido é tão lindo!) conseguiu prender minha atenção de uma forma inexplicável.
Não sei, teve um tempo na minha vida que desconsiderava e retirava por completo a idéia de que o amor poderia existir. Tá, eu sei que isso é muita dor de cotovelo, anos procurando e não me sentindo completamente feliz com quem encontrava(aaah, nem tudo é perfeito, né?hahah), mas hoje eu entendo que ele existe sim! Acredito que haja um verdadeiro amor, porém, encontrá-lo é tão difícil quanto eu imaginava. O conto de fadas que um dia me contaram não existe(ou existe oO) como descrito nos livros, mas sei que pode sim ser vivido, de forma mais singela e menos fantasiosa!
Veremos como será!


And here we go again
Bjus da Sam

domingo, 19 de outubro de 2008

Quem sou?

Eu sou uma atitude,uma falta de atitude...Sou a felicidade, a tristeza, o medo, a coragem...Sou aquela que persiste naquilo que deseja; aquela que desiste no primeiro obstáculo e logo volta atrás tentando recuperar-se.
Sou aquela que faz as coisas sem pensar nas consequências e que portanto, acaba se arrependendo e muitas vezes se abala pelo erro. Sou aquela que sorri, sou aquela que se desespera. Sou aquela que esconde seu lado frágil com medo de ser atingida por terceiros, aquela que se faz de imbatível para atingir seus objetivos, aquela que só pensa em seguir em frente e que ao parar para reelembrar, se emociona com pequenos gestos feitos por pequenos seres com grande significado.
Sou aquela mulher com espírito de menina, aquela chorona camuflada em uma estaca, aquela maluca que vive de sonhos.
Sou aquela que inventa e faz, sou aquela que sabe rir até mesmo do vento e ao mesmo tempo se irritar com uma brisa.
Sou uma garota diferente, porém tão normal quanto as outras... sou uma garota responsável, ainda que desobedeça.. sou uma garota agradável, ainda que briguenta... sou uma garota boazinha, ainda que as vezes pareça arrogante.

Samu - Uma hipérbole ambulante!

O existir consiste em demonstrar a vida, o caráter, os segmentos internos obscuros guardados através de uma mágua reprimida na inocência de uma criança e rebeldia de uma adolescente. Á cada passo dado uma nova lição, á cada gesto um novo significado, á cada palavra uma promessa, á cada tracejado uma meta do novo amanhã... talvez uma amanhã promissório, talvez um amanhã de fracasso reduzido em gotas de culpa interna.
Não considero o fato de ter uma base de estudo algo simplório, mas também não considero um luxo extensivo de melhoria de um ser, muito menos algo relevante. Estou no meu primeiro ano de faculdade e já sinto uma grande diferença, não apenas pela forma que sou vista por pessoas que colocam o ensino superior como o ápice para a conquista do mundo, mas também na forma na qual me encontro, organizo minhas idéias e prossigo nos meus argumentos.
Ultimamente tenho andado mais reflexiva e pensado mais antes de reagir á qualquer impulso (mas ainda sou a mesma Samu briguenta!!), embora nem eu mesma entenda o "por quê?" disso... na verdade, até entendo! O fato é que estou amadurecendo e muito mais rápido do que esperava! Não devo isso apenas ao curso escolhido por ter me dado a oportunidade de ter um maior auto-conhecimento, mas também ás pessoas que me cercam, sejam eles amigos reais ou virtuais, ambos os gêneros me ensinaram muito á crescer como pessoa e á impor limites comigo mesma.
Me desiludi com amizades, mas construí novas ao longo desse semestre, e creio na intensidade delas e na forma na qual poderia matê-las. Importante nomes como Perfetti, Rafa(bixétinho), Rafa Nosaki, Clayton são bons exemplos! Pessoas que apareceram de forma inusitada e se prenderam aqui!! Novos artifícios e passatempos apareceram de forma inesperada e da maneira mais sutil junto com eles e fizeram com que menos de um ano, eles já marcassem grande presença em minha vida e fizessem tanta diferença na qual não saberia descrever como seria meu dia sem eles.
Não sei como dizer ao certo o quanto essa amizade irá durar, mais sei dizer com convicção que isso é algo puro, real e verdadeiro. O que será daqui a frente eu não sei, mas sei que a cada dia isso aumenta mais e mais e ainda que a inveja esteja ao lado, não será o suficiente para estragar tudo o que já foi construído e fortificado até então.
O dia-a-dia e o convívio mostra quem faz as regras e quem aprender a conviver com elas. Jogar ou não conforme o indicado é opção de cada um, as consequências dessa escolha são de cunho próprio do dono do jogo, mais pernancer até o final é arte dos mais experiêntes e eficazes na arte de ser o que se é e não do que querem que você seja. Ser uma figura formada pelo gosto da sociedade seguindo padrões do que se é considerado "aceitável" não é o que julgamos algo adequado, visto que é impossível ser o tempo todo a mesma bonequinha de linha de coleção inglesa superior á tudo e todos. Não considero o padrão de beleza atual como algo que devo ser. Mostrar minha personalidade e criatividade fará de mim ALGUÉM... alguém diferente de todos que podem aparecer por aí, alguém que sabe seguir sua vida por si mesma, independente de rotulações e críticas "construtivas" como é dito pela mídia(não preciso emagrecer para ser aceita por ninguém, ou ser loira para chamar atenção).
Na falta do que fazer costumamos pensar, ainda que inutilidades, elas possuem um fundo de coerência adepta ao quadrante da racionalidade humana
Ainda que eu seja uma hipérbole ambulante estou evoluindo e logo poderei ser considerada um ser normal.. ou pelo menos um projeto! . Apesar das minhas cismas e implicâncias eu ainda tenho salvação, há um vestígio de sujeira Samurailística no parâmetro de normalidade e quem sabe esse quadro não possa ser revertido

here we go again!!
bjus da Samurai

Mudanças e reorganizações

Não me limitarei á descrição e não espalharei minhas filosofias baratas de escritora de gaveta. Hoje quero mais! Quero falar de arte, quero cantar, quero escrever em singelas palavras minha vida, quero interpretar com minha voz todos os sentimentos, experiências e lembranças. Quero gritar á todos o que penso! Quero transformar o mundo, ainda que seja no mundo da Samu. Quero cortar as injustiças, ainda que sejam sentimentais Quero varrer a vida dos problemas, ainda que sejam problemas abstratos..
Nos meus longos, vazios e tediosos dias de férias me realizei como pessoa e me transformei como ser. Coisas que me perturbavam, finalmente tiveram um basta! Reorganizei minha mente, refleti sobre tudo o que me cerca e conclui que tomarei atitudes surpreendentes apartir de agora! Não serei o exemplo de pessoa doce e amável, mas também não serei a tirana odiável!
Antipática mas adorável! Combinação contraditória, mas ainda assim, possui um grande sentido! Antipatia não implica apenas em repugnância, também demonstra caráter á ser interpretado e atitudes á serem observadas e entendidas como um todo. Sei que não é nada fácil entender a Samurai(nem eu mesma me entendo!), mas tenho reparo que ultimamente as pessoas só estão ao meu lado só sentem que faço falta quando pesam para seu lado. Não sou apenas um atrativo de público muito menos uma pessoa com a cabeça fraca á ponto de fingir que não se lembra de nada e consegue agir tranquilamente. Não sou de guardar máguas e nem rancor, mas se é pra ferir e depois vir com conversa de que está tudo bem, quando não está, já começo a analisar outros ângulos.
Encostando as dores, agora falo de felicidade! Não posso dizer que neste momento me encontro na minha fase mais feliz, mas também não tenho o que criticar! Tenho amadurecido muito em pouco tempo. Uma vantagem única! Estou aprendendo a valorizar todos os momentos da minha vida, sendo eles bons ou mals, calmos ou agitados, espontâneos ou não. A junção disso tudo tem feito com eu me prezasse mais e deixasse um pouco de lado a agonia que as noites de insônia me trazem.
Conclui que posso sim fazer um rascunho da minha vida! Impossível? Rááááááá!! Não é e provarei isso, me aguardem!
Tá.. no momento é isso o que tenho a dizer, um pequeno desabafo visto que não posso escrever o que realmente quero!


here we go again!!
bjus da Samurai

sábado, 18 de outubro de 2008

Sou eu sim!!!

E volta a Sam com posts sobre photoshop!
Postei essa foto no meu orkut hoje pela manhã e, acreditem, no mesmo minuto fui bombardeada por pessoas surgindo de todos os lados(ou programas online) vindo perguntar onde eu consegui essa imagem. Geeeeeeeeeente, sou eu!!hahahaha.. eu sei que não parece, mas é a verdade!! O que um photoshop não faz, não é?
Como eu já havia dito á uns posts atrás, EU NÃO SOU BONITA, SOU PHOTOSHOPADA!!
Não sou branca, sou AMARELA!
Não uso batom vermelho, essa é a cor natural da minha boca! Ficou mais "vermelho' pelo efeito!
MEUS OLHOS SÃO ASSIM SIM!! Acho que é a única coisa verdadeiramente real(?) em mim nesta foto!

Viva o photoshop!! (ok, eu sei que estou me contradizendo pela postagem do dia 12 de outubro ¬¬)

Se quiserem falar que não sou eu.. falem!
Por mim tá tudo bem.. aceito as palavras de vocês quanto á ser foto d fake!

And here we go again
bjus da Sam

I´m ok!

Relembrando momentos da minha vida acadêmica, me pego pensando em como tenho administrado tudo isso. Realmente, até meus 14 anos eu sempre fui tida como o exemplo da sala, a boa menina que estudava, era comportada, fazia tudo o que era mandado, uma típica nerd, por que não? Foi nesse momento que aprendi a me focalizar em algo, um rumo didático que me orientaria ao longo da minha vida.
O que aprendi até ai?
Que estudar faz bem, mas ainda deixava um vazio em mim!
No colegial, eu estudava o suficiente para estar na média. Sim, meu rendimento caiu se comparado ao que era antes. Mas isso não foi tão ruim assim. Foi nessa fase da minha vida que comecei a realmente me socializar e ter a "fama de popular" nos colégios que estudei. Foi bom? Sim! Foi perfeito? Não!
Nem sempre estar cercada de amigos e pessoas "legais" é o melhor. Muita gente se aproxima por interesse, aproveitar o embalo.. Foi nesse momento que aprendi a me proteger.
Hoje em dia, na faculdade, estou aplicando tudo o que aprendi até agora. Faculdade não é apenas um local que se gasta muito dinheiro pra se tornar um profissional. É também um desafio, uma disputa incasável de sobrevivência em um mundo totalmente diferente e com pessoas que, ora são amigas, e ora são rivais. Deve-se ter cautela.
Esboçando meu passado e rascunhando meu futuro, vejo o quão bom tem sido fazer tudo o que fiz até o momento e zelar pelo o que estou passando agora. Sim, esse é um dos mais raros posts no qual eu venho e exponho que estou bem! \o/
Parece que agora que estou me ajeitando, não tenho nada de horrível pra contar e nenhum motivo aparente para chorar. Uhuuuuuuuuuuuul!!
É, mas parece que meus posts rendem mais com minhas máguas, não é?
Engraçado isso. Há pessoas que só escrevem na felicidade e eu sou o oposto. É da minha tristeza que brota minhas mais puras palavras, minha inspiração surge mais rápido e eu escrevo!
Tá.. chega escrever! Não adianta eu escrever, escrever e não ter coerência alguma, ficar tudo sem sentido(já basta minha mente, não destruirei a de mais ninguém!)

And here we go again!
bjus da Sam

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Pensa Samu!


Sabe quando você está mais perdida do que uma sei lá em suas próprias idéias, não sabe ao certo o que fazer, se vai se não vai, se faz ou não, se será assim ou de outra forma, você parece não conseguir tecer direito, mas por mais que você dê pontos, nunca consegue acertar a primeira parte... e do nada, acontece algo que você recebe como uma luz? A solução do seu problema, um ponto chave que na hora te emociona e tudo começa a tomar forma e aos poucos, tudo se torna um belo aconchego, exatamente o que você precisava? Caraaaa, como isso é bom!!
Hoje mesmo passei por isso. Sabe o que me fez abrir os olhos? Um conhecido do orkut me mandar um texto. Me veio como um verdadeiro sinal de Deus. Leiam ele:

"Havia Uma garota cega que se odiava pelo fato de ser cega!!!
Ela tbm odiava a todos exceto seu namorado!!!
Um dia ela disse que se pudesse ver
o mundo, ela se casaria com seu namorado. Em um
dia de sorte, alguém doou um par de olhos a ela!!! Então o seu namorado perguntou a ela: Agora
que vc pode ver, vc se casa comigo???
A garota estava chocada qd ela viu que
seu namorado era cego!!! Ela disse: Eu sinto
mto, mas não posso me casar com vc pq vc é
cego!!! O namorado afastando-se dela em lágrima
s disse: Por favor, apenas cuide bem dos meus olhos, eles eram muito importantes pra mim...

Nunca despreze quem ama vc.. As vezes as pessoas fazem certos sacrifícios e nós nem ligamos... "

Sim, levo tudo como um sacrificio sim!! Pessoas largarem uma imagem que construiram sabe-se lá há quanto tempo para agradar outra que quer por perto... caaaaaara.. ainda to sem palavras! Só tenho á dizer que chorei muito após ler essa mensagem e ver que ela coincidiu exatamente com o que eu tinha acabado d passar, há menos de 2 minutos!!
Pasma!
Não sei mais nem o que dizer aqui.. só queria soltar isso tudo e deixar essa mensagem á vocês. Um dia me mandaram e me fez bem. Espero que postando isso aqui, possa servir como consolo, ou um ombro amigo para alguém que eventualmente possa ler.

And here we go again!!
bjus da Samu

domingo, 12 de outubro de 2008

Photoshopar?


Acreditar que para se ter uma boa imagem é necessário a aplicação de photoshop é como dizer que para uma pessoa ser considerada inteligente deve estudar durante horas, desclassificando assim, pessoas naturalmente inteligentes, prodígios e porque não, gênios!

A candidata a vice-presidente dos Estados Unidos, Sarah Palin, foi bombardeada pela mídia e leitores por aparecer na capa da revista "Newsweek" sem retoque algum de photoshop, mostrando suas imperfeições. Más bocas afirmam que suas rugas, pêlos e sombra encobrindo o olho poderia ser a chave do fracasso em sua candidatura. E desde quando a aparência faz com que alguém consiga um alto cargo em um país? Porquê analisar se a pessoa é feia ao invés de olhar para tudo o que ela já fez pelo país? Concluísse então que se uma pessoa for bonita, com uma face perfeita, ela pode se corrupta que ainda assim conseguirá ter uma nação inteira em suas mãos? Mera frustração de um país consumista enlouquecido pela estética!

Vendo isso, senti-me inspirada á vir aqui relatar uns fatos e umas verdades. Eu sou maníaca por photoshop! Adoro!! Há photoshop em quase todas as minhas fotos e não sinto um pingo de constrangimento em sempre deixar isso muito claro á todos que as vêem.

EU NÃO SOU NATURALMENTE BONITA! Me faço de menos feia com alguns(ok, alguns muitos) retoques de photoshop. O que seria de nós sem esse magnífico software? Seríamos um bando de pessoas feias mostrando como realmente somos (não que isso seja ruim, eu acho até legal ver que não sou a única pessoa feia desse mundo ^^)

Postei essa foto para mostrar como realmente sou! Não estou “photoshopada” e nem maquiada! Essa sou eu ao natural(força gente, vocês superam essa visão!)

Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaah momento revolta, revolução Samulística!!!

NÃO ao photoshop!!

NÃO á maquiagem!!

[vcs sabem que são só palavras neh?hahahaha]


PS.: foto em preto e branco pra esconder um pouco da minha feiura!


And here we go again!

Bjus da Samu

terça-feira, 7 de outubro de 2008

I´m black!!!


Por quê você usa preto?
Porque eu gosto, é uma cor que me agrada


Todos os dias assim? Tudo bem preto?
Todos os dias! I´m black!


Mas por quê a cor preta e não uma outra, sei lá, azul, rosa..?
Porque eu tenho atração pelo preto! É uma cor bonita, combina com tudo á qualquer momento, é discreto e eu me acostumei com a cor... por isso I´m black!

E por quê da maquiagem sempre preta?
¬¬
Porque eu gosto assim! I´M BLACK!!

Mas preto....?
Sim!

Mas você usa porque você gosta ou pra agradar alguém?
Porque gosto


Você usa mesmo pra mostrar que é rockeira não é?
Jamais usaria algo para deixar alguma impressão sobre o que sou, não quero chamar atenção, não quero que pensem isso ou aquilo de mim. Me visto e me maqueio como gosto e não ligo para o que possam vir á pensar de mim!

Gente que absurdo! Por quê as pessoas sismam tanto com a aparência alheia e querem mudá-las?
Sim, eu me sinto muito feliz com minha maquiagem carregada e excessivamente preta e adoro meu guarda-roupa de defunto! Não me incomodo de ser rotulada e da forma na qual as pessoas, por ventura, poderiam vir a me olhar.
No último mês eu tenho sido bombardeada de todas as formas possíveis quanto á isso.
Me visto dessa mesma forma e me maqueio assim há 7 anos e não penso em mudar. Sei que estamos mudando á cada minuto, cada segundo, mas quanto á minha aparência... me sinto bem assim, me acostumei! Já me disseram que este visual é de adolescente e que preciso amadurecer, realmente, sei disso e procuro trabalhar esse meu lado, mas não é a hora pra isso, não ainda!
Não adianta utilizar técnicas como o "epoche" em mim... pareço um panda ou um coala? Poxa que bom, adoro eles, obrigada pela comparação ^^ mas sinto informar que "epocar" a Samu não é tão fácil e ela não se incomoda nem um pouco com suas mil tentativas de tentar fazer com que ela assuma uma nova característica física. Ela agradece a preocupação, a atenção e diz que não deixará sua identidade! Grata!!
Pessoas que não gostam da minha aparência(sei que todos vocês leem meu blog sempre!)... saibam que, independente da opnião de vocês, continuarei sendo quem sou! Sim! A mesma Samu de roupas pretas, maquiagem escura, rebites e correntes. Se estão tão preocupados, acredito que reclamam tanto por querem ser igual ou por verem que sou capaz de usar e ser quem eu sou sem me deparar com questões de nivel social, se seriei ou não aceita por ousar, ao invés de ocultar desejos "exóticos" aos olhos de muitos.


And here we go again
bjus da Samu